IPC-Fipe cai 0,24% em maio puxado pelos preços de transporte e despesas pessoais

Na outra ponta, os preços de Alimentação registraram a maior alta no mês, de 0,66%

Supermercado em São Paulo
Supermercado em São Paulo Foto: Marcelo Camargo/ABr

Da Reuters

Ouvir notícia

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo fechou maio com baixa de 0,24%, após queda de 0,30% no mês anterior, com forte recuo dos preços de Transportes, Despesas Pessoais e Vestuário em meio às medidas de isolamento devido à pandemia de coronavírus.

Os dados divulgados nesta quarta-feira (3) pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) mostraram que o maior peso negativo foi exercido pelo recuo de 1,23% nos preços dos Transportes.

Os custos de Despesas Pessoais recuaram 0,83%, enquanto os de Vestuário caíram 1,22%. Na outra ponta, os preços de Alimentação registraram a maior alta no mês, de 0,66%.

O IPC-Fipe mede as variações quadrissemanais dos preços às famílias paulistanas com renda mensal entre 1 e 10 salários mínimos.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

Mais Recentes da CNN