IPO da Blau Farmacêutica pode movimentar R$2,1 bi

Do montante total, cerca de R$ 1,5 bilhão corresponde à venda de ações novas, cujos recursos a empresa pretende usar para expansão de suas fábricas

Notas de dinheiro
Notas de dinheiro Foto: Marcos Santos / USP Imagens

Por Aluísio Alves, da Reuters

Ouvir notícia

A oferta inicial de ações (IPO) da fornecedora de medicamentos para tratamentos complexos Blau Farmacêutica pode movimentar cerca de R$ 2,1 bilhões, segundo dados do cronograma da operação publicados nesta quarta-feira (17).

O cálculo usa a premissa de venda integral das ações ofertadas e que cada papel será a vendido a R$ 47,60, no centro da faixa estimada pelos coordenadores da oferta, que vai de R$ 44,60 a R$ 50,60.

Do montante total, cerca de R$ 1,5 bilhão corresponde à venda de ações novas, cujos recursos a empresa pretende usar para expansão de suas fábricas, investir em centros de coleta de plasma nos Estados Unidos, acelerar investimentos em pesquisa e desenvolvimento, expansão na América Latina e pagar dívidas.

Com sede em Cotia (SP), a companhia especializada em produtos para tratamento de câncer e doenças sanguíneas e dos rins tem cinco fábricas no Brasil e 5 subsidiárias na América Latina, incluindo Argentina, Chile, Colômbia, Peru e Uruguai.

A operação, que será coordenada por Itaú BBA, Bradesco BBI, BTG Pactual, XP, JPMorgan e Citi, também servirá para o único acionista da empresa, Marcelo Hahn, vender uma fatia no negócio.

A previsão dos coordenadores é de que a operação seja precificada em 6 de abril, com as ações estreando na Bovespa em 8 de abril, negociadas sob o ticker BLAU3.

Mais Recentes da CNN