Italiana Enel tem autorização para iniciar operação de usinas solares no Piauí

Novos projetos eólicos e solares no Nordeste com aportes estimados em cerca de R$ 5,6 bilhões

Logo da Enel
Logo da Enel Foto: Flavio Lo Scalzo / Reuters

Por Luciano Costa, da Reuters

Ouvir notícia

O grupo italiano Enel Green Power, da elétrica Enel, recebeu autorização para iniciar a operação comercial de três parques de geração de energia solar no Piauí a partir desta terça-feira, (22).

O aval foi dado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e é válido para três usinas do complexo São Gonçalo, no município de São Gonçalo do Gurguéia, de acordo com publicação do órgão regulador no Diário Oficial da União.

Os empreendimentos somam 34,5 megawwatts em capacidadade instalada cada, com um total de mais de 100 megawatts.

Leia também 
Governo de SP faz primeiros movimentos para privatizar elétrica Emae
Enel inicia obra de usinas eólicas e solares no Brasil e prevê investir R$5,6 bi

A Enel tem investido fortemente em energias renováveis no Brasil ao longo dos últimos anos, com foco principalmente em usinas eólicas e solares.

A Enel Green Power anunciou na semana passada o início da construção de novos projetos eólicos e solares no Nordeste com aportes estimados em cerca de R$ 5,6 bilhões.

Esses novos empreendimentos, que somarão 1,3 gigawatt em capacidade, deverão começar a operar entre 2021 e 2022.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

Mais Recentes da CNN