Itaú Unibanco cria compartilhamento de carros elétricos

O banco prevê que a novidade esteja disponível para clientes e não clientes do banco a partir da segunda metade de 2021

Agência do banco Itaú: os bancos começam a entrar em novos mercados
Agência do banco Itaú: os bancos começam a entrar em novos mercados Foto: Rodrigo Garrido/Reuters

Aluisio Alves,

da Reuters

Ouvir notícia

O Itaú Unibanco (ITUB3 e ITUB4) anunciou nesta quinta-feira a criação de seu serviço de compartilhamento de veículos elétricos vec Itaú, que deve entrar em operação em fase de piloto no primeiro semestre de 2021.

O projeto também inclui montadoras e locadoras de veículos. O banco prevê que a novidade esteja disponível para clientes e não clientes do banco a partir da segunda metade de 2021, com veículos Jaguar I-Pace, BMW i3 e JAC iEV40.

Leia também:
Itaú estuda formato de venda que poderá levar, ao final, ao adeus à XP
Pandemia afeta rentabilidade de bancos

O modelo do serviço prevê cobrança uma tarifa inicial fixa e um valor por minuto de uso, mas os preços ainda serão definidos. Todos os carros terão conexão com a internet.

Assim como acontece com o serviço de compartilhamento de bicicletas já operado pelo Itaú, os carros poderão ser devolvidos em outras estações, também usadas para carregamento.

O serviço estará disponível inicialmente em São Paulo.

“Depois de algum tempo avaliaremos a expansão para outras regiões do país”, disse a jornalistas Rodnei Bernardino de Souza, diretor do Itaú Unibanco.

O executivo disse ainda que avalia fazer parcerias com outras montadoras e locadoras de veículos.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook
 

Mais Recentes da CNN