Johnson & Johnson lucra menos e receita decepciona no 1º trimestre

Ganho líquido de US$ 5,15 bilhões foi 17% menor do que os US$ 6,2 bilhões apurados em igual período do ano passado

Receita do grupo farmacêutico americano teve expansão anual de 5% no primeiro trimestre, a US$ 23,4 bilhões
Receita do grupo farmacêutico americano teve expansão anual de 5% no primeiro trimestre, a US$ 23,4 bilhões 11/01/2021 REUTERS/Dado Ruvic

Sergio Caldas, do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

A Johnson & Johnson (J&J), uma das grandes fabricantes de vacinas contra a Covid-19, teve lucro líquido de US$ 5,15 bilhões no primeiro trimestre de 2022, 17% menor do que o ganho de US$ 6,2 bilhões apurado em igual período do ano passado, segundo balanço publicado nesta terça-feira (19).

Com ajustes, o lucro por ação da J&J entre janeiro e março foi de US$ 2,67, acima da projeção de analistas consultados pela FactSet, de US$ 2,58.

Já a receita do grupo farmacêutico americano teve expansão anual de 5% no primeiro trimestre, a US$ 23,4 bilhões, mas ficou um pouco abaixo do consenso da FactSet, de US$ 23,62 bilhões.

A J&J também reduziu suas projeções para o lucro ajustado por ação deste ano, para uma faixa de US$ 10,15 a US$ 10,35, e para a receita, para um intervalo de US$ 94,8 bilhões a US$ 95,8 bilhões.

Ainda no balanço, a J&J suspendeu projeções para vendas de vacina contra a Covid-19, citando um superávit global e incertezas de demanda.

Após a divulgação dos resultados, a ação da J&J operava em queda de 1,3% nos negócios do pré-mercado em Nova York, às 8h (horário de Brasília).

Mais Recentes da CNN