Em atrito com governo chinês, Jack Ma é omitido em lista de líderes empresariais

Empresário mais conhecido da China, o fundador do Alibaba está em atrito com o governo após discurso no qual criticou o sistema regulatório

Foto: Reuters/Charles Platiau

Da Reuters

Ouvir notícia

O fundador do Alibaba Group, Jack Ma, foi deixado de fora de uma lista de líderes empresariais chineses publicada pela mídia estatal. A ausência mostra o desprestígio de Ma com Pequim. 

O empresário mais conhecido da China não foi mencionado em um artigo de primeira página publicado pelo Shanghai Securities News. Em vez disso, Ren Zhengfei da Huawei Technologies, Lei Jun da Xiaomi Corp e Wang Chuanfu da BYD foram elogiados por suas contribuições.

A lista foi publicada nesta terça-feira (2), quando o Alibaba também divulgará seus últimos ganhos trimestrais. A gigante do comércio eletrônico não respondeu imediatamente a um pedido de comentário sobre a situação.

 

O catalisador para os problemas atuais de Ma foi um discurso em 24 de outubro no qual ele atacou o sistema regulatório da China, levando à suspensão da oferta pública inicial de US$ 37 bilhões de seu Ant Group poucos dias antes da listagem da gigante da fintech.

Os reguladores lançaram uma investigação antitruste no setor de tecnologia, com o Alibaba recebendo grande parte da pressão, enquanto regulamentos mais rígidos para o Ant Group também estão sendo considerados.

Ma, que não é conhecido por se esquivar dos holofotes, posteriormente desapareceu dos olhos do público por cerca de três meses, gerando especulações sobre seu paradeiro. Ele reapareceu no mês passado com uma aparição em um vídeo de 50 segundos.

O Shanghai Securities News disse que embora alguns dos empresários elogiados já tenham se comportado como “heróis imprudentes” em seus esforços para romper com um sistema econômico antigo e rígido, eles agora lideram “um grupo de empresas que respeitavam as regras de desenvolvimento e obedecer às regras do mercado. ”

Mais Recentes da CNN