Juros ou risco de populismo: o que preocupa mais o mercado?

Decisão da taxa Selic nesta semana e declarações de Bolsonaro sobre futuro das contas públicas estão no radar dos investidores

Abertura de Mercado
Abertura de Mercado Foto: CNN

Do CNN Brasil Business CNN*

Ouvir notícia

O mês de agosto já deve começar com os mercados estressados. Na última sexta-feira (30), o dólar subiu 2,5% e a bolsa de valores caiu mais de 3%, voltando aos níveis de março. 

Um dos principais motivos para o abalo foram as declarações do presidente Jair Bolsonaro, de que as contas públicas teriam que ficar no negativo para implementar a nova versão mais turbinada que o governo planejar para o Bolsa Família.

Foi o suficiente para romper a já frágil expectativa de que as contas públicas do país poderiam começar a voltar para os eixos depois do choque de gastos causado pela pandemia. 

Foi também de Bolsonaro, neste sábado (31), a informação de que a reforma tributária deverá incluir a redução da alíquota máxima do imposto de renda das pessoas físicas, dos atuais 27,5% para 25%. 

Caberá ao Ministério da Economia e à Câmara dos Deputados, onde a proposta está sendo debatida, explicar como a queda de arrecadação causa pela eventual mudança poderá ser compensada

Enquanto isso, analistas e investidores aguardam os novos sinais do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, que se encontra nesta semana e anuncia na quarta-feira (4) qual será a nova taxa de juros do país – a expectativa é que, com a inflação sem dar folga, a taxa Selic tenha que subir mais rápido e chegue aos 7% ainda neste ano

Neste episódio do podcast Abertura de Mercado, a comentarista de economia da CNN Thais Herédia ouve especialistas sobre essas movimentações, e aproveita pra falar sobre outros temas que devem impactar a economia e influenciar os mercados nesta semana.

Conheça os podcasts da CNN Brasil:

E Tem Mais

Abertura de Mercado

Horário de Brasília

CNN Mundo

Alma do Negócio

Entre Vozes

5 Fatos

Na Palma da Mari

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.

*Texto publicado por Juliana Elias

Mais Recentes da CNN