Justiça decreta encerramento da recuperação judicial da Dedini

O plano de recuperação judicial da empresa foi requerido em 2015 e aprovado em 2017

Foto: Bill Oxford / Unsplash

Por Augusto Decker, do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

 A Justiça decretou o encerramento da recuperação judicial da Dedini Indústrias de Base, empresa que fabrica componentes e equipamentos para usinas de cana-de-açúcar. A decisão foi publicada na terça-feira, (15) pelo juiz Marcos Douglas Veloso Balbino da Silva, da 2ª Vara Cível de Piracicaba (SP).

O plano de recuperação judicial da empresa foi requerido em 2015 e aprovado em 2017.

“Mesmo havendo de impugnações de crédito ainda em análise e sem coisa julgado, tais não são impeditivos para o encerramento da recuperação judicial, posto que após o julgamento e com o trânsito em julgado, caberá ao credor cobrar individualmente da recuperanda, observado que, superado o período de 02 anos, não mais converte a recuperação em falência por descumprimento de obrigação incluída no plano”, escreveu ele. Procurada pela reportagem, a Dedini não se manifestou até o fechamento deste texto.

Mais Recentes da CNN