Lisauskas: Bolsonaro pouco pode fazer em relação aos preços de combustíveis

No quadro Liberdade de Opinião, Rita Lisauskas repercutiu o reajuste no preço dos combustíveis

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

No quadro Liberdade de Opinião desta terça-feira (9), Rita Lisauskas repercutiu o reajuste no preço dos combustíveis. Consumidores vão sentir o impacto da alta na gasolina, no diesel e no gás de cozinha a partir de hoje. Para a jornalista, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) “tenta achar culpados” pelo aumento, mas, na verdade, a regulação é feita pelo mercado internacional.

“Não adianta dizer aos caminhoneiros que a culpa é do ICMS e dos governadores porque há pouco a se fazer por aqui em relação a essa oscilação internacional de preços. O Brasil pode se fazer uma desoneração tributária sugerida pelo presidente? Pode. Pode agir em sua economia para tentar baixar o dólar? Até pode, mas é bom que a gente tenha em mente que é o cenário internacional quem dita o que acontece por aqui quando o assunto são os preços de combustíveis”, afirmou Rita.

“Fato é que há um receio de uma greve dos caminhoneiros por conta desse aumento do diesel e Bolsonaro, quando faz essa movimentação de se reunir publicamente com o presidente da Petrobras e de tentar achar culpados – no caso, os governadores quando diz que a questão é o ICMS – ele tenta mostrar que está fazendo tudo o que pode. Mas, na verdade, ele pode fazer pouca coisa. Vamos ver como os caminhoneiros, que ameaçaram entrar em greve, vão reagir a essa realidade que está se apresentando de aumento nas bombas de combustível”, concluiu.

O Liberdade de Opinião tem a participação de Rita Lisauskas e Caio Coppolla. O quadro vai ao ar diariamente na CNN.

Rita Lisauskas no quadro Liberdade de Opinião
Rita Lisauskas no quadro Liberdade de Opinião
Foto: CNN Brasil (9.fev.2021)

As opiniões expressas nesta publicação não refletem, necessariamente, o posicionamento da CNN ou seus funcionários.

 

(Publicado por Sinara Peixoto)

 

Mais Recentes da CNN