Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Lucro da Petrobras não é ‘razoável’, diz Ciro Gomes

    Ex-ministro participou no Rio de Janeiro da filiação do deputado federal David Miranda ao PDT

    Pedro Duranda CNN

    Rio de Janeiro

    Ouvir notícia

    Em visita ao Rio de Janeiro nesta segunda-feira (28), o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) prometeu revogar a política de Preço de Paridade Internacional (PPI) da Petrobras e recomprar ações de acionistas minoritários da companhia até alcançar 60% dos papéis, caso seja eleito presidente da República.

    No evento de filiação do deputado David Miranda – que estava no PSOL – Ciro disse em resposta à CNN que não é ‘razoável’ o lucro bilionário da estatal mantendo o preço do combustível tão alto.

    “O primeiro edital [que faremos] convoca o conselho de Administração para revogar o PPI e substituir por uma política de custos transparentemente controlada inclusive pelo acionista minoritário. Vamos apurar os custos e colocar uma lucratividade em linha com as grandes petroleiras globais, qual é essa rentabilidade: 6,5% em média”, afirmou o pré-candidato à Presidência.

    “E o segundo edital, dado que isso é um fato relevante e haverá uma queda nas ações da Petrobras, o meu governo anuncia já agora que recomprará todas as ações que o acionista minoritário quiser vender até integralizar 60% do capital da empresa. Para que o estado brasileiro possa transformar a Petrobras numa grande e moderna empresa de energia”, completou.

    A CNN procurou a Petrobras para comentar as falas do pré-candidato, mas não respondeu até a publicação desta reportagem.

    Debate

    A CNN realizará o primeiro debate presidencial de 2022. O confronto entre os candidatos será transmitido ao vivo em 6 de agosto, pela TV e por nossas plataformas digitais.

    Mais Recentes da CNN