Lucro líquido da Basf dispara 760% no 4º tri de 2020 e atinge US$ 1,29 bilhão

As vendas subiram para 15,91 bilhões de euros (US$ 19,27 bilhões), ante 14,69 bilhões de euros (US$ 17,79 bilhões) na comparação com o quarto trimestre de 2019

Foto: Reprodução / Instagram Basf

Marcela Guimarães, do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

 

A companhia alemã de produtos químicos Basf informou, nesta sexta-feira (26) que teve lucro líquido de 1,06 bilhão de euros (US$ 1,29 bilhão) no quarto trimestre de 2020. O resultado representa uma disparada de 760% na comparação com igual período do ano anterior, quando foi reportado lucro líquido 150 milhões de euros (ou US$ 164,2 milhões, na cotação da moeda na época do resultado).

A Basf informou também que o Ebit (lucro antes de juros e impostos) excluindo itens especiais foi de 1,11 bilhão de euros no trimestre (US$ 1,34 bilhão), acima dos 765 milhões de euros (US$ 926,48 milhões) registrados um ano antes.

As vendas da companhia também subiram para 15,91 bilhões de euros (US$ 19,27 bilhões), ante 14,69 bilhões de euros (US$ 17,79 bilhões) na comparação com o quarto trimestre de 2019.

 

Os analistas esperavam um lucro líquido trimestral de 710 milhões de euros (US 859,87), o Ebit antes de itens especiais de 1,03 bilhão de euros (US$ 1,25 bilhão) e vendas de 15,33 bilhões de euros (US$ 18,57 bilhões), de acordo com um consenso fornecido pela Vara Research.

O conglomerado químico atribuiu os resultados a ganhos significativamente maiores nos segmentos de materiais, produtos químicos e soluções industriais. “Isso mais do que compensou as contribuições mais baixas de outros segmentos”, afirmou a Basf.

Sobre o balanço do ano fiscal de 2020, a Basf informou que as vendas atingiram de 59,1 bilhões de euros (US$ 71,58 bilhões) em todo o ano, o que significa que ficaram quase estáveis em relação a 2019.

“Os efeitos negativos da moeda e do volume foram quase compensados por preços mais altos e efeitos positivos do portfólio”, disse o diretor financeiro, Hans-Ulrich Engel.

Para o ano fiscal de 2021, a companhia espera que as vendas cresçam entre 61 bilhões de euros e 64 bilhões de euros (US$ 73,88 bilhões e US$ 77,51 bilhões), acima dos 59,15 bilhões de euros (US$ 71,64 bilhões) registrados em 2020.

A Basf espera também que o Ebit, sem os itens especiais, apresente elevação, ficando entre 4,1 bilhões e 5,0 bilhões de euros (US$ 4,97 bilhões e US$ 6,06 bilhões) este ano, em comparação com 3,56 bilhões de euros (US$ 4,31 bilhões) registrado no ano anterior.

Tópicos

Mais Recentes da CNN