Maia ‘alerta’ Rogério Marinho sobre ataques ao teto de gastos

Deputado disse que o ministro está errado ao defender o aumento de gastos extra teto

Igor Gadelhada CNN

Ouvir notícia

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), se juntou ao ministro da Economia, Paulo Guedes, e passou a alertar o titular do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, por defender medidas que flexibilizariam a regra do teto de gastos.

Um desses alertas foi dado por Maia durante encontro com Marinho na semana passada, em Brasília. Segundo apurou a coluna com fontes do Congresso e do governo, o deputado disse que o ministro está errado ao defender o aumento de gastos extra teto. 

Leia mais:
Guedes nega prorrogação de auxílio emergencial e estado de calamidade para 2021

O presidente da Câmara também pediu que o ministro parasse de dar declarações nesse sentido, pois poderia acabar perdendo apoio dentro e fora do governo. Segundo aliados de Maia, o alerta foi feito em tom de conselho, pois o deputado teria intimidade com Marinho para isso. 

Procurado, o ministro não quis comentar.

Marinho vem travando uma guerra no governo com Guedes por causa do teto de gastos, regra que impede as despesas da União de crescerem acima da inflação do ano anterior. Em reunião com investidores na semana passada, por exemplo, defendeu excluir o Renda Cidadã do teto de gastos.

Nas redes sociais, aliados de Marinho iniciaram uma espécie de campanha em defesa do ministro. Um deles é o deputado federal Eduardo Cury (PSDB-SP), que vem postando no Twitter uma série de mensagens comparando iniciativas de Marinho em relação a Guedes.

Mais Recentes da CNN