Em semana especial, Mega-Sena pode pagar R$ 16,9 milhões nesta terça-feira (19)

Mega-Sena terá um concurso a mais nesta semana. Apostadores têm até às 19h para registrar seus jogos

Sorteio da Mega-Sena
Sorteio da Mega-Sena Foto: Divulgação/Caixa

Cleber Souzado CNN Brasil Business

em São Paulo

Ouvir notícia

A Mega-Sena pode pagar R$ 16,9 milhões para o apostador que acertar as seis dezenas do concurso 2420, o primeiro da Mega-Semana da Sorte, na noite desta terça-feira (19).

A Caixa Econômica Federal realiza o sorteio a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, em São Paulo, com transmissão ao vivo pelas redes sociais.

Excepcionalmente nesta semana, a Mega-Sena terá um concurso a mais, com sorteios nesta terça, na quinta-feira (21) e no sábado (23).

Os apostadores têm até às 19h para registrar os seus jogos em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa, no site ou no aplicativo do banco. O bilhete simples, com seis números marcados, custa R$ 4,50.

Para os jogos feitos pelo site da Caixa, o valor mínimo para apostar na Mega-Sena é de R$ 30, seja para uma única aposta ou mais de uma.

Para fazer uma aposta maior, com 7 números, dando uma maior chance de ganhar, o preço sobe para R$ 31,50, segundo a Caixa, banco responsável pelo concurso.

Outra opção para atingir o preço mínimo é fazer sete apostas simples, que juntas têm o mesmo valor, R$ 31,50. Além disso, os bolões, disponíveis online, são outra opção viável.

Segundo a Caixa, caso apenas um apostador leve o prêmio da faixa principal e aplique todo o valor na Poupança da Caixa, receberá mais de R$ 60,8 mil de rendimento no primeiro mês.

Se preferir investir em imóveis, o valor seria suficiente para comprar 37 apartamentos ou salas comerciais de R$ 450 mil cada.

No último concurso (2419), realizado no sábado (16), uma aposta de Santos, em São Paulo, acertou os seis números (10-35-43-48-50-53) e recebeu o valor total de R$ 11.509.541,30.

Bolão

Uma forma de apostar na Mega-Sena, além dos jogos individuais, é formar um grupo para escolher os números, o chamado Bolão.

Ao ser registrada no sistema, a aposta gera um recibo de cota para cada participante, que pode resgatar a sua parte do prêmio individualmente.

Os bolões têm valor mínimo de R$ 10 e cada cota deve ser de pelo menos R$ 5, sendo possível realizar um bolão de no mínimo duas e no máximo 100 cotas.

O apostador também pode adquirir cotas de bolões organizados pelas lotéricas. Basta solicitar ao atendente a quantidade de cotas que deseja e guardar o recibo para conferir a aposta no dia do sorteio.

Nesse caso, poderá ser cobrada uma tarifa de serviço adicional de até 35% do valor da cota, a critério da lotérica.

Premiação

O prêmio bruto corresponde a 43,35% da arrecadação. Dessa porcentagem:

  • 35% são distribuídos entre os acertadores dos 6 números sorteados (Sena);
  • 19% entre os acertadores de 5 números (Quina);
  • 19% entre os acertadores de 4 números (Quadra);
  • 22% ficam acumulados e são distribuídos aos acertadores dos 6 números nos concursos de final 0 ou 5.
  • 5% ficam acumulados para a primeira faixa – sena – do último concurso do ano de final 0 ou 5 (Mega da Virada).

Acumulação

Não havendo acertador em qualquer faixa, o valor acumula para o concurso seguinte, na respectiva faixa de premiação.

Os prêmios prescrevem 90 dias após a data do sorteio. Após esse prazo, os valores são repassados ao tesouro nacional para aplicação no Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies).

Mais Recentes da CNN