Megainvestidor Warren Buffett elege seu sucessor à frente da Berkshire Hathaway

Greg Abel é responsável por todo negócio não relativo a seguros do conglomerado, incluindo as baterias Duracell

Foto: Reprodução Wikipédia

Chris Isidore, do CNN Business

Ouvir notícia

 

Warren Buffett disse na segunda-feira (3) que Greg Abel, responsável por todo negócio não relativo a seguros do conglomerado Berkshire Hathaway, será seu sucessor — embora Buffett não tenha dado indicação de que abrirá mão da sua cadeira tão cedo.

Há muito tempo, Abel estava na lista de possíveis sucessores de Buffett, juntamente com Ajit Jain, que comanda o negócio de seguros da Berkshire. Ambos são vice-presidentes da empresa, assim como Charlie Munger, de 97 anos. Falando à CNBC na segunda-feira de manhã, Buffett, de 90 anos, disse que Abel é o próximo na fila para sucedê-lo, seguido por Jain.

“Os diretores concordam que, se algo acontecesse comigo esta noite, seria Greg quem assumiria amanhã de manhã”, disse Buffett. “Se, Deus me livre, alguma coisa acontecesse com Greg esta noite, então seria Ajit.”

Ele elogiou os dois executivos, dizendo que “ambos são caras maravilhosos”.

Munger parecia sinalizar que Abel seria o sucessor em comentários no sábado na reunião anual virtual da Berkshire. Quando questionado sobre se a Berkshire havia se tornado muito complicada para administrar como uma única empresa, Munger sugeriu que a descentralização da empresa funcionava bem e que “Greg manterá a cultura”.

A Berkshire é dona de empresas famosas como Geico, Dairy Queen, Burlington Northern Santa Fe Railway Company, baterias Duracell e muitas outras de consumo, financeiras, industriais e de energia.

Buffett completa 91 anos em agosto. Dada a sua idade e histórico de saúde recente, incluindo uma luta contra o câncer de próstata diagnosticado em 2012, tem havido muita especulação sobre quem o sucederá.

Uma vantagem que Abel pode ter tido sobre Jain é que, aos 59 anos, ele é 10 anos mais novo que seu rival.

“A probabilidade de alguém ter uma estrada de mais de 20 anos faz uma grande diferença”, disse Buffett à CNBC.

Howard Buffett, filho de 66 anos de Buffett, que atua no conselho da Berkshire desde 1993, foi identificado como o membro que provavelmente sucederá seu pai como presidente não executivo. Warren Buffett detém os títulos de CEO e presidente do conselho. Mas Howard Buffett, que dirige uma fundação de caridade e trabalhou como fazendeiro, nunca foi visto como um candidato a ocupar o cargo de CEO.

Houve executivos anteriores da Berkshire que pareciam preparados para ser o sucessor de Buffett. O mais proeminente foi David Sokol, que saiu da empresa em 2011, após ser divulgado que ele havia feito um investimento na Lubrizol antes de recomendar que a Berkshire a comprasse por US$ 9,7 bilhões. O valor investido por ele não foi revelado.

Mais Recentes da CNN