Ibovespa cai 0,51% com Wall Street e cautela doméstica; dólar sobe a R$ 4,70

Principal índice da B3 teve o menor patamar desde 21 de março, aos 116.181,61 pontos; moeda norte-americana tem leve valorização

volume financeiro da sessão foi de R$ 25,8 bilhões
volume financeiro da sessão foi de R$ 25,8 bilhões 28/10/2021 REUTERS/Amanda Perobelli

Reuters

Ouvir notícia

O Ibovespa caiu 0,51%, a 116.181,61 pontos, nesta quinta-feira (14) de pré-feriado. Este foi o menor patamar desde 21 de março. O índice encerrou a semana com baixa de 1,8%. O volume financeiro da sessão foi de R$ 25,8 bilhões, em dia de vencimento de opções sobre ações.

Já o dólar fechou em alta de 0,18%, a R$ 4,6966 na venda, mais uma vez não conseguindo se sustentar acima de R$ 4,70, com o mercado doméstico escapando de uma liquidação mais forte em outras moedas emergentes em dia de escalada global da divisa norte-americana.

Na semana, o dólar reduziu as perdas para 0,32% ante o real.

Dia agitado

O principal índice da bolsa brasileira foi impactado pelo tom negativo em Wall Street e as incertezas com o quadro local, emendando a segunda semana no vermelho.

Vale e Petrobras pressionaram o índice, enquanto JBS, Itaú Unibanco e Vibra ajudaram a limitar as perdas no dia.

“Tem um impacto hoje, como vem acontecendo com oo Ibovespa nas últimas semanas, que é uma maior correlação com as bolsas globais, em especial as dos EUA”, disse Filipe Villegas, estrategista da Genial Investimentos.

Segundo ele, investidores estão “precificando aos poucos” o aperto na política monetária norte-americana e a consequente falta de liquidez nos mercados que esse processo vai gerar.

Villegas também mencionou sinais de uma potencial reversão no fluxo positivo de recursos estrangeiros, que têm impulsionado os ativos negociados na B3 em 2022, e preocupação com o cenário fiscal, após notícia de que o governo dará reajuste salarial de 5% a todos os servidores federais a partir de julho.

Além disso, há ainda receios de que o ciclo de aperto monetário no Brasil possa se estender para além de maio, quando o Banco Central pretendia encerrá-lo.

Em Wall Street, os principais índices caíram, com impacto da alta dos rendimentos de títulos do governo norte-americano. O dia teve noticiário corporativo carregado, com proposta de compra do Twitter pelo bilionário Elon Musk e balanços de bancos incluindo o Citi, Goldman Sachs e Well Fargo.

Na Europa, o dia foi positivo após o Banco Central Europeu manter a política monetária nesta quinta-feira, incluindo plano de reduzir lentamente o estímulo extraordinário.

 

O dólar ganhou de forma generalizada pela percepção de que os Estados Unidos deverão continuar líderes isolados no processo de aperto das condições monetárias no mundo desenvolvido.

Essa leitura ficou ainda mais realçada depois de o banco central da zona do euro (BCE) frustrar nesta quinta-feira investidores que aguardavam um sinal mais claro da instituição sobre iminentes altas de juros, o que não ocorreu.

O mercado brasileiro ficará fechado em 15 de abril pelo feriado da Sexta-feira Santa.

Do noticiário doméstico, operadores analisaram informação de que o governo decidiu conceder reajuste de 5% a todos os servidores públicos federais a partir de julho, conforme informaram à Reuters três fontes da equipe econômica na quarta-feira. (Full Story) A decisão não foi bem recebida por representantes sindicais, que alegam ser um benefício insuficiente e prometem manter a mobilização dos servidores para pressionar o Executivo. (Full Story)

Assim, mantém-se a incerteza sobre novas pressões por aumentos salariais, o que pode nublar o sensível cenário para as contas públicas.

“As commodities melhoram muito as condições para o governo no próximo mandato presidencial aproveitar uma situação mais favorável e endereçar com mais calma questões estruturais como o gasto obrigatório”, disse Mauricio Oreng, superintendente de pesquisa macroeconômica do Santander Brasil.

“Mas tudo isso são conjecturas. A gente vai precisar ver a partir de janeiro de 2023 que tipo de política econômica a gente vai observar para perceber se esse cenário de menor risco para a economia brasileira de fato se materializa”, ponderou Oreng.

Mais Recentes da CNN