Mercado de trabalho pouco flexível dificulta crescimento no Brasil, diz economista

Desemprego no país tem mostrado recuperação em relação ao pior período da crise do coronavírus, mas 12 milhões de pessoas ainda procuram uma oportunidade

Do CNN Brasil Business*

Ouvir notícia

A falta de flexibilidade das regras trabalhistas ajudam a colocar um freio no crescimento econômico no Brasil, segundo Marina Helena Santos, economista e ex-diretora do Programa de Desestatização na Secretaria de Desestatização do Ministério da Economia.

“Temos um mercado de trabalho rígido, pouco flexível no Brasil. Isso faz com que, cada vez que há um choque como o da pandemia, e as empresas precisam mandar funcionários embora ou tomar outras medidas mais drásticas para conseguir manter um negócio, a volta é sempre muito difícil”, disse em entrevista à CNN neste sábado (30).

O desemprego no país tem mostrado recuperação em relação ao pior período da crise do coronavírus, mas 12 milhões de pessoas ainda procuram uma oportunidade.

“Regras mais claras e mais simples ajudariam a tirar as pessoas dessa situação”, diz.

Veja mais no vídeo acima.

*Publicado por Ligia Tuon

 

Mais Recentes da CNN