Mercados ainda refletem alívio com indicação do Fed sobre juros e inflação

Morning Call, com Priscila Yazbek, destaca o que há de mais importante na economia mundial e nacional nesta quarta-feira (13)

Priscila Yazbekda CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

O mercado financeiro opera nesta quinta-feira (14) com bom humor e alta no exterior.

Os futuros americanos sobem, puxados pelas expectativas positivas sobre balanços de bancos. Além disso, na quarta (13), saíram os dados de inflação e a ata da última reunião do Banco Central americano.

Ainda que a inflação esteja persistentemente alta, as divulgações não trouxeram surpresa, e confirmam que o início da redução de estímulos, o tapering, deve começar entre novembro e dezembro e os juros não devem subir antes do esperado.

Com isso, as taxas dos treasuries recuperaram e estão abaixo de 1,5%. Com títulos de renda fixa rendendo menos, as bolsas ficam mais atrativas.

Sobre a crise de energia, o presidente Vladimir Putin reforçou que a Rússia está pronta para suprir todas as necessidades da Europa no fornecimento de gás, mas não descarta o petróleo a 100 dólares nos próximos meses.

Ou seja, o temor sobre a crise de energia segue presente, mas as últimas falas de Putin ajudaram a dar uma aliviada na tensão.

Os índices europeus abriram o dia em alta, também puxados pelas ações de semicondutores, com balanço positivo da TSMC.

Na Ásia, as bolsas fecharam em alta seguindo o exterior e com boas perspectivas de balanços. Na China, a inflação de setembro desacelerou para 0,7% em 12 meses e veio abaixo do esperado, mas os preços ao produtor ficaram no nível mais alto em 26 anos, elevando o temor sobre estagflação.

Brasil

Por aqui, destaque para a aprovação da proposta que altera o cálculo do ICMS na Câmara dos Deputados.

Agora, o texto segue para o Senado. A principal mudança é que em vez de calcular o ICMS sobre os 24 meses anteriores, o preço vai ser calculado em cima da média de 2019 e 2020 e vai ficar fixo por 12 meses.

Assim, a média seria calculada com base nos preços mais baixos de 2019 e 2020 e esse valor menor ficaria fixo pelo menos até as eleições.

Além disso, também na quarta, Arthur Lira (PP-AL) falou à Rádio CNN sobre a privatização da Petrobras e de noite foi a vez de Paulo Guedes.

O ministro da Economia disse que vender ações da Petrobras para custear programas sociais pode ser uma alternativa para a privatização da empresa.

Ele também falou em levar a empresa ao novo mercado, segmento que tem melhores parâmetros de governança. Assim, em tese, as ações da estatal subiriam e seriam vendidas em um valor melhor.

Analistas avaliam que o assunto é uma cortina de fumaça, já que o foco do governo agora está na ampliação de programas sociais e não há tempo hábil para fazer um projeto complexo como privatização da Petrobras antes das eleições.

Agenda do dia

Saíram hoje os dados de serviços de agosto, que subiu 0,5% sobre julho, exatamente o que era esperado pelo mercado.

O setor alcançou o patamar mais elevado desde novembro de 2015 e ficou 4,6% acima do patamar pré-pandemia.

O dado confirma a tendência de rotação no consumo, com brasileiros migrando as compras de bens industriais para o setor de serviços, conforme a vacinação avança.

Nos Estados Unidos, saem dados de pedidos de seguro-desemprego e o índice de preços ao produtor relativo a setembro.

 

Mais Recentes da CNN