Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ações financeiras lideram recuperação nos EUA após queda do petróleo

    Índice S&P 500 fechou em alta de 2,57%, a 4.277,88 pontos. O Dow Jones subiu 2,00%, a 33.286,25 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançou 3,59%, a 13.255,55 pontos

    Placa sinaliza Wall Street, em Nova York
    Placa sinaliza Wall Street, em Nova York 24/08/2015REUTERS/Lucas Jackson

    Sabahatjahan ContractorLewis KrauskopfDevik Jainda Reuters

    Ouvir notícia

    Os mercados de ações dos Estados Unidos subiram nesta quarta-feira (9), liderados por papéis financeiros e de tecnologia e recuperando-se de vários dias de queda. Os preços do petróleo tiveram forte baixa, após um rali alimentar temores inflacionários, enquanto investidores avaliarem os desdobramentos da crise na Ucrânia.

    O índice S&P 500 fechou em alta de 2,57%, a 4.277,88 pontos. O Dow Jones subiu 2,00%, a 33.286,25 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançou 3,59%, a 13.255,55 pontos.

    O S&P 500 registrou seu maior ganho percentual em um dia desde junho de 2020, enquanto o Nasdaq teve seu maior aumento desde março de 2021.

    Os preços globais do petróleo registraram sua maior queda desde os primeiros dias da pandemia, quase dois anos atrás, depois de os Emirados Árabes Unidos (membro da Opep) dizerem que apoiariam o aumento da produção em um mercado em desordem devido a interrupções no fornecimento causadas por sanções impostas à Rússia por seu conflito com a Ucrânia.

    Um aumento acentuado nos preços do petróleo e de outras commodities despertou preocupações com um novo solavanco a uma inflação crescente e uma potencial desaceleração do crescimento econômico.

    “Acho que é um rali depois de um excesso de vendas, baseado no arrefecimento das commodities”, disse Walter Todd, diretor de investimentos da Greenwood Capital.

    O setor de tecnologia (de forte peso no S&P 500) e o financeiro tiveram os maiores ganhos, de 4% e 3,6%, respectivamente.

    Energia, que se destacou no setor em 2022, caiu 3,2%, com o petróleo Brent, referência global, caindo para cerca de 110 dólares o barril, de mais de 130 dólares no início da semana.

    Investidores aguardam dados de preços ao consumidor dos EUA a serem divulgados na quinta-feira, numa importante divulgação antes da reunião do Fed de 15 e 16 de março.

     

    Mais Recentes da CNN