Dólar e bolsa fecham em alta em meio a recuperação nos EUA e receio no Brasil

Moeda norte-americana fechou em alta de 0,35%, a R$ 5,234, e Ibovespa avançou quase 1%

Tamires Vitorio, do CNN Brasil Business, em São Paulo

Ouvir notícia

O dólar encerrou esta sexta-feira (6) em alta de 0,35%, cotado a R$ 5,234, influenciado por dados fortes de emprego dos Estados Unidos divulgados hoje, que ajudam a fortalecer a moeda do país, e com os investidores atentos também às tensões fiscais locais.

Na semana, o dólar acumulou alta de 0,5%. Na véspera, a moeda teve alta de 0,53%, a R$ 5,216 na venda. 

O Ibovespa principal índice da bolsa brasileira, encerrou com avanço de 0,97%, a 122.810 pontos, navegando no otimismo do exterior que levou as bolsas americanas a renovarem seu recorde histórico mais uma vez nesta sexta, também embaladas pelos bons números do mercado de trabalho no país. 

Bolsa; mercados; dólar
Foto: CNN

 

A economia dos EUA criou 943 mil vagas de trabalho no mês passado, mostrou relatório do Departamento de Trabalho, em meio à demanda por trabalhadores no setor de serviços. Economistas esperavam abertura de 870 mil postos de trabalho.

No Brasil, a alta da taxa Selic promovida pelo Banco Central na quarta-feira (4) segue na conta dos investidores, sob a nuvem de maiores temores de aumento de gastos e piora das contas públicas.

“Com a alta de juros, o que se espera a partir daí é o ingresso de mais recursos estrangeiros para aplicação em renda fixa no Brasil. Com a maior oferta de dólares no mercado doméstico, a expectativa é de que a moeda norte-americana caia”, explicou Bruno Mori, da Planejar (Associação Brasileira de Planejadores Financeiros).

No entanto, disse ele, os riscos fiscais e políticos têm atrapalhado o desempenho da moeda brasileira nos últimos dias, principalmente em meio a dúvidas sobre a capacidade do governo de pagar precatórios com vencimento em 2022.

Lá fora

Os índices acionários Dow Jones e S&P 500 fecharam a sexta-feira em máximas recordes, com os dados sobre emprego ofuscado a preocupação dos investidores a possibilidade de a variante Delta do coronavírus impactar a ainda embrionária recuperação econômica local.

De acordo com dados preliminares, o Dow Jones fechou em alta de 0,41%, a 35.209,03 pontos, enquanto o S&P 500 subiu 0,17%, a 4.436,59 pontos. Já o índice de tecnologia Nasdaq  recuou 0,42%, a 14.835,76 pontos.

Mais Recentes da CNN