Dólar sobe 1,2%, a R$ 5,52, e bolsa cai 0,2% com PIB chinês menor que o esperado

Investidores repercutem mau humor externo após dados mais fracos da economia chinesa

Dólar vai abaixo de R$5,50 após BC marcar presença no mercado
Dólar vai abaixo de R$5,50 após BC marcar presença no mercado REUTERS/Mohamed Azakir

Da CNN*

em São Paulo

Ouvir notícia

O dólar voltou a passar nos R$ 5,50 nesta segunda-feira (18), e encerrou o dia com alta de 1,22%, cotado a R$ 5,521.

O Ibovespa, principal índice acionário da bolsa brasileira, encerrou o pregão em queda de 0,19%, a 114.428,18 pontos, seguindo a tendência global negativa após a China anunciar crescimento econômico abaixo das expectativas.

O apetite do investidor por risco se esvaziou após a China revelar que economia teve expansão de 4,9% de julho a setembro, menor do que a taxa de 5,1% esperada por analistas e com desaceleração ante a alta de 7,9% no segundo trimestre.

Assim, ações de exportadoras brasileiras de commodities para aquele mercado, especialmente das ligadas a metais, eram destaques negativos na sessão.

Ruídos sobre nova greve de caminhoneiros e expectativas com a votação da PEC dos Precatórios na Câmara nesta semana adicionaram cautela ao dia no mercado doméstico.

Em relatório, a equipe de Levante Investimentos afirmou que “as más notícias econômicas na China e, no caso brasileiro, as incertezas de Brasília”, como riscos de rompimento do teto fiscal, justificam uma pressão de curto prazo no Ibovespa.

Nas maiores altas do dia na bolsa, as Lojas Americanas subiram 20,7% e a Americanas avançou 4,33%. As companhias anunciaram pela manhã que avaliam fundir suas operações antes de uma planejada listagem do grupo na Nasdaq.

Veja as maiores altas e baixas no dia na B3:

Maiores altas

Lojas Americanas (LAME4): +20,7%
Americanas (AMER3): +4,3%
Locaweb (LWSA3): +4,3%
Eletrobras (ELET3): +3,4%
JHSF (JHSF3): +2,7%

Maiores baixas

Pão de Açúcar (PCAR3): -6,5%
Banco Inter (BIDI4): -4,7%
CSN (CSNA3): -4,1%
Banco Inter (BIDI11): -4%
Azul (AZUL4): -3,5%

*Com Reuters

Mais Recentes da CNN