Ibovespa cai 0,72%, e dólar sobe a R$ 5,693 no penúltimo pregão do ano

Na B3, a sessão foi novamente de volume reduzido por conta dos feriados de final de ano

Foto: NurPhoto/Getty Images

Por Luana Maria Benedito, da Reuters

Ouvir notícia

O principal índice da bolsa brasileira fechou esta quarta-feira (29) em baixa de 0,72%, a segunda queda consecutiva, atrás das principais bolsas dos Estados Unidos e da Europa.

O Ibovespa encerrou o pregão no patamar de 104.107 pontos. O volume financeiro foi de R$ 14,1 bilhões.

A sessão na B3 foi novamente de volume reduzido por conta dos feriados de final de ano.

O crescimento dos casos de Covid-19 pelo mundo em meio à propagação da variante Õmicron esteve no radar do mercado.

No cenário macroeconômico, o mercado digeria avanço acima da expectativa do Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) em dezembro.

O tema fiscal também se mantinha no horizonte, dada a pressão de algumas categorias de servidores públicos por reajustes salariais, após os policiais federais e rodoviários federais serem contemplados com uma previsão de reajuste no Orçamento de 2022 aprovado pelo Congresso.

Dólar

O dólar fechou o penúltimo pregão do ano em forte alta contra o real, em movimento exacerbado pela baixa liquidez, após novas mobilizações de funcionários públicos por aumentos salariais levantarem temores sobre mais gastos da União em 2022.

Depois de chegar a tocar R$ 5,701 no pico da sessão, o dólar à vista fechou em alta de 0,97%, a R$ 5,6939 na venda, seu maior patamar desde o dia 21 deste mês (5,7394).

 

Mais Recentes da CNN