Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Microsoft abre inscrições de programa de formação para mulheres negras

    Selecionadas receberão capacitação em tecnologia em nuvem, segurança, além de cursos inglês e de desenvolvimento de carreira

    Primeira edição do Black Women in Tech formou 26 mulheres. Já a segunda turma, teve 35 formadas
    Primeira edição do Black Women in Tech formou 26 mulheres. Já a segunda turma, teve 35 formadas Reuters/Mike Blake

    Cleber Souzado CNN Brasil Business

    em São Paulo

    Ouvir notícia

    A Microsoft abriu nesta segunda-feira (13) as inscrições para a terceira turma do Black Women in Tec., seu programa de capacitação em tecnologia voltado para a formação de mulheres negras para o mercado.

    O projeto, idealizado e liderado por grupos de colaboradores da Microsoft e voluntários das áreas de diversidade e inclusão da empresa, busca reduzir a falta de profissionais negras especializadas em tecnologia, e ampliar a igualdade de gênero e racial na área.

    A empresa oferece 50 vagas com a possibilidade de participação gratuita em mentorias e capacitação técnica – com certificação –  em tecnologia em nuvem e segurança.

    Além disso, são oferecidos cursos voltados em desenvolvimento de carreira e de inglês básico.

    Para se inscrever, as candidatas devem participar de um desafio virtual chamado Cloud Skill Challenge via Microsoft Learn, plataforma de aprendizado on-line gratuita, além de preencher um questionário de inscrição.

    As candidatas precisam ter mais de 18 anos, autodeclaradas pretas ou pardas, e cumprirem os requisitos do preenchimento do questionário, que será enviado para as candidatas por e-mail.

    Elas também participarão da feira de empregabilidade promovida pela Microsoft — que conectará as profissionais às empresas parceiras da companhia, com o objetivo de fortalecer o networking para oportunidades de trabalho.

    Segundo a Microsoft, o Black Women in Tech formou 26 mulheres na primeira turma e 35 na segunda.

    Mais Recentes da CNN