Minério de ferro despenca mais de 8% diante de perspectivas fracas para demanda

Sem flexibilização das restrições à produção de aço, as usinas não têm suporte para ampliar seus estoques no curto prazo

Unidade de mistura de minério de ferro em porto na China
Unidade de mistura de minério de ferro em porto na China 21092018REUTERS/Muyu Xu

da Reuters

Ouvir notícia

Os contratos futuros do minério de ferro negociados na China despencaram mais de 8% nesta quarta-feira (1º) pressionados pela fraqueza no mercado “spot” em momento em que as restrições à produção de aço em todo o país frustram as perspectivas de retomada da demanda.

“O contrato setembro permanece amplamente em ‘contango'”, disseram analistas da SinoSteel em relatório, destacando que o preço para as entregas do produto “Super Special Fine” foi recentemente reduzido para 723 iuanes (US$ 111,88) por tonelada.

O contrato setembro do minério de ferro fechou o dia cotado a 880 iuanes por tonelada.

Sem flexibilização das restrições à produção de aço, as usinas não têm suporte para ampliar seus estoques no curto prazo, o que pode afetar os ganhos dos contratos mais distantes, acrescentou a SinoSteel.

A referência do minério de ferro na bolsa de Dalian, para entrega em janeiro, chegou a cair 8,6%, maior recuo percentual desde 30 de julho, a 759 iuanes/tonelada, antes de fechar em queda de 7,8%, a 765 iuanes por tonelada.

Em Cingapura, o vencimento mais negociado do minério de ferro –para setembro– também despencou, apurando queda de 6,0%, a US$ 143 por tonelada.

Os preços do aço na bolsa de futuros de Xangai também caíram, afetados pelo minério de ferro e por dados econômicos fracos.

 

 

Mais Recentes da CNN