Minério de ferro ultrapassa US$ 200/t no mercado à vista e aço renova máxima

Os preços à vista do minério de ferro importado nos mercados portuários da China dispararam após o feriado de cinco dias do Dia do Trabalho no país

Pilhas de minério de ferro importado em um porto em Zhoushan, China (09.mai.2019)
Pilhas de minério de ferro importado em um porto em Zhoushan, China (09.mai.2019) Foto: Stringer/Reuters

Enrico Dela Cruz, da Reuters

Ouvir notícia

Os contratos futuros do minério de ferro na Ásia saltaram para máximas históricas nesta sexta-feira (7), estendendo um rali à medida que a forte demanda chinesa pela matéria-prima e as preocupações com a oferta empurram os preços no “spot” para o nível mais alto de todos os tempos, acima de US$ 200 a tonelada.

Já o contrato do minério de ferro mais líquido na Bolsa de Commodities de Dalian subiu 6,4% para 1.226,50 iuanes (US$ 189,78) pós atingir uma máxima de 1.231 iuanes.

O minério de ferro na bolsa de Cingapura avançou 3,9%, para US$ 203 a tonelada.

Os preços à vista do minério de ferro importado nos mercados portuários da China dispararam após o feriado de cinco dias do Dia do Trabalho no país.

A commodity atingiu US$ 208,50 por toneladas, com alta de US$ 10 nesta sexta-feira (7), de acordo com a consultoria SteelHome.

O minério de ferro de Dalian subiu cerca de 9% esta semana, apesar do feriado, a caminho de marcar sua melhor semana desde meados de dezembro.

A demanda tornou-se mais forte, principalmente por materiais de alta qualidade e menos poluentes, o que tende a beneficiar o produto da mineradora Vale, que tem maior teor de ferro.

“Os recentes cortes na produção em Tangshan aumentaram a demanda por minério de alta qualidade e levaram as usinas a construir estoques de minério de ferro, já que suas margens estão aumentando com a oferta de aço sendo restrita”, disse o principal analista do CRU Group, Erik Hedborg, em Londres.

Hedborg estava se referindo à principal cidade siderúrgica da China, onde padrões antipoluição mais rígidos foram implementados.

As preocupações com a oferta também impulsionaram os preços do minério de ferro em meio a sinais de deterioração das relações entre China, maior produtora de aço, e a Austrália, maior fornecedora de minério de ferro.

Os preços do aço na Bolsa de Futuros de Xangai atingiram novos recordes, com o vergalhão de aço para construção subindo 1,1% e a bobina a quente avançando 1,4%.

Mais Recentes da CNN