Mudança climática é central para equilíbrio econômico e macroeconômica, diz FMI

Ela ressaltou que evitar o aquecimento do planeta representa grandes riscos e "incríveis oportunidades de investimentos", em termos internacionais

Sede do FMI, em Washington, EUA (08/04/2019)
Sede do FMI, em Washington, EUA (08/04/2019) Foto: Yuri Gripas/Reuters

Por Ricardo Leopoldo, estão Conteúdo

Ouvir notícia

 A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional, Kristalina Georgieva, destacou em discurso no Climate Summit que combater a mudança climática é um fator central para a estabilidade financeira e macroeconômica global.

Ela ressaltou que evitar o aquecimento do planeta representa grandes riscos e “incríveis oportunidades de investimentos”, em termos internacionais.

 

“Um robusto preço sobre emissão de carbono é crítico para produtores e consumidores. A taxação sobre gás carbônico avança o crescimento, o investimento e a geração de empregos”, destacou Georgieva.

Segundo ela, sem a taxação sobre carbono, não serão atingidos os objetivos mundiais de estabilização climática. “O imposto de gás carbônico e investimentos em infraestrutura verde podem elevar o PIB global em 0,7% ao ano nos próximos 15 anos.”

Mais Recentes da CNN