Multinacional 3M vai fechar fábrica em São José do Rio Preto

Em comunicado, a companhia afirmou que as atividades serão encerradas no segundo trimestre de 2021, o que vai resultar na demissão de 120 funcionários

Máscara fabricada pela 3M
Máscara fabricada pela 3M Foto: CNN/Reprodução

Washington Luiz, colaboração para o CNN Brasil Business 

Ouvir notícia

A 3M, empresa multinacional de tecnologia, vai fechar a fábrica localizada na cidade de São José do Rio Preto, interior de São Paulo. Em comunicado, a companhia afirmou que as atividades serão encerradas no segundo trimestre de 2021, o que vai resultar na demissão de 120 funcionários. 

De acordo com o texto, a medida faz parte da reestruturação do grupo no Brasil. Com isso, a fabricação e comercialização das linhas de braquetes e tubos de metal no país serão descontinuadas e a produção do segmento odontológico ficará concentrada na fábrica de Sumaré, também em São Paulo. 

 

“A 3M avalia constantemente seus negócios para garantir que está alocando recursos para as melhores oportunidades possíveis, visando agregar valor aos seus clientes, impulsionar a eficiência operacional e aumentar sua competitividade”, diz a nota. 

Ainda segundo a empresa, os funcionários impactados vão receber um pacote de indenização, benefícios e treinamento para recolocação no mercado. 

Conhecida como uma das empresas mais inovadoras do mundo, a 3M tem sede nos Estados Unidos. Ela chegou ao Brasil em 1946, em Campinas (SP), com o nome Durex, Lixa e Fitas Abrasivas Ltda. Na década seguinte, iniciou as operações na atual sede, em Sumaré. 

Durante a pandemia, a companhia fez uma parceria com a Ford e a General Electric para acelerar a produção de ventiladores para pacientes e máscaras para profissionais da saúde. 

Tópicos

Mais Recentes da CNN