Não precisa chegar de madrugada para receber auxílio, diz presidente da Caixa

Pedro Guimarães afirmou que situação de atendimento aos clientes do banco está já está "muito melhor"

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Do CNN Brasil Business*, em São Paulo

Ouvir notícia

É desnecessário chegar de madrugada às agências da Caixa Econômica Federal para o recebimento do auxílio emergencial, afirmou nesta terça-feira (5), o presidente do banco, Pedro Guimarães. Segundo ele, a situação de atendimento aos clientes está “muito melhor” agora. 

Na semana passada, os beneficiários do auxílio emergencial do governo, lançado para combater os efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre a população de baixa renda, chegaram a dormir na porta de agências para receber o pagamento de R$ 600.

Em entrevista virtual nesta tarde, Guimarães lembrou que 50 milhões de pessoas se beneficiaram do auxílio. Deste total, 31,5 milhões são pessoas que receberam depósitos em suas contas e que já tinham familiaridade com os serviços bancários. Outras 18,5 milhões de pessoas receberam os valores em contas digitais por não terem relação com instituições financeiras.

Esta parcela da população, conforme Guimarães, precisa de maior auxílio dos funcionários da Caixa. “Muitos estão realizando saques nas agências pela primeira vez”, disse. De acordo com Guimarães, porém, boa parte desta população mais carente já foi atendida nos últimos dias, o que deve reduzir as filas nas agências no restante desta semana. “Não precisa chegar de madrugada na agência”, disse Guimarães.

“A agência só vai fechar depois de todos serem atendidos”, acrescentou. Guimarães concede entrevista coletiva virtual neste momento, para tratar dos pagamentos do auxílio emergencial de R$ 600 pelo governo.

*Com Estadão Conteúdo 

Mais Recentes da CNN