Nike começa a revender tênis usados nos Estados Unidos

O movimento acontece enquanto a indústria da moda tem sofrido pressões para desenvolver produtos pensando em sustentabilidade

Foto: Divulgação/Nike

Parija Bhatnagar, da CNN, em Nova York

Ouvir notícia

A Nike está revendendo tênis que foram devolvidos por clientes em troca de descontos em produtos novos nos Estados Unidos. A medida é um esforço para reduzir o desperdício. 

O programa foi anunciado nesta segunda-feira (12). A iniciativa vai aceitar tênis com poucas marcas de uso ou com falhas de fabricação. Depois de passar por limpeza e desinfecção, os produtos são vendidos por preços reduzidos. 

Apenas oito lojas Nike nos Estados Unidos estão aceitando os sapatos usados. A empresa planeja expandir a modalidade para outras seis unidades ainda em abril. 

A indústria da moda tem sofrido pressões para desenvolver produtos pensando em sustentabilidade, já que o modelo de fast fashion não é gentil com o planeta. No ano passado, Adidas e Allbirds disseram que estavam unindo forças para criar um tênis de alto desempenho com a menor pegada de carbono possível.

Já a Nike disse que quer reduzir em 70% suas emissões de gases de efeito estufa até 2025. Ela também quer aumentar em 10 vezes a quantidade de resíduos de seus produtos que podem ser renovados, reciclados ou doados.

Como parte da iniciativa anunciada hoje, os sapatos devem ser devolvidos no prazo de 60 dias a partir da data de compra para serem elegíveis para reforma. Assim que forem considerados adequados para revenda, os sapatos são enviados para uma loja Nike participante e o preço com desconto é determinado com base no tipo e condição do calçado. Os calçados são expostos em seção especial nas lojas.

Enquanto alguns dos sapatos devolvidos serão revendidos, a Nike disse que outros serão doados e os sapatos que não podem ter uma segunda vida serão convertidos em material reciclado.

 

Tópicos

Mais Recentes da CNN