Nina Silva: Sul e Sudeste concentram mais de 70% dos investimentos na Bolsa

Especialista CNN em tecnologia, empreendedorismo e diversidade fala sobre perfil de investidores na B3, que passou a marca de 5 milhões de contas ativas em janeiro

Murillo Ferrarida CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

A Especialista CNN em tecnologia, empreendedorismo e diversidade, Nina Silva, comentou nesta sexta-feira (18) os dados de investidores brasileiros na B3, a bolsa de valores oficial do Brasil, sediada em São Paulo.

“A B3 atingiu a marca de 5 milhões de contas de investidores em janeiro de 2022. Mas qual o perfil destes novos entrantes? O número se divide entre 1,2 milhão de contas de mulheres e 3,8 milhões de contas de homens”, disse Silva.

“Já em relação às regiões do Brasil, há uma concentração no Sul e Sudeste. Os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais possuem 56,7% do total de investimentos. Já Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul representam cerca de 17%”, detalhou a especialista.

“Sobra para o resto do Brasil cerca de 25% de representatividade, mais um exemplo de má distribuição de renda, infraestrutura e falta de qualidade de vida nos estados do Nordeste e Norte do país.”

Nina Silva também destacou outro aspecto sobre esses investidores pessoa física: os primeiros investimentos em renda variável são feitos com valores cada vez mais baixos.

“[Isso é] um movimento que demonstra que a bolsa pode ser acessada por tipos diferentes de investidores e diferentes tipos de renda.”

Veja mais no vídeo acima

Mais Recentes da CNN