Nota Fiscal Paulista: prazo para sacar crédito acaba neste sábado; saiba resgatar

Cerca de 48 milhões de CPFs têm créditos a serem resgatados

No acumulado de janeiro a outubro, a poupança teve saída de R$ 30,779 bilhões, ante entrada de R$ 144,228 bilhões em igual período do ano passado
No acumulado de janeiro a outubro, a poupança teve saída de R$ 30,779 bilhões, ante entrada de R$ 144,228 bilhões em igual período do ano passado Pixabay

Cleber Souzado CNN Brasil Business

em São Paulo

Ouvir notícia

Os créditos da Nota Fiscal Paulista liberados até outubro de 2020 devem ser resgatados até este sábado (16). Caso não sejam transferidos, os valores serão cancelados. A transferência mínima é de R$ 0,99.

Antes, o prazo para sacar era de cinco anos. A alteração foi feita pelo projeto de lei estadual 17.293, sancionada em outubro do ano passado.

De acordo com a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, as quantias liberadas e não utilizadas retornarão ao Tesouro estadual. Ao todo, segundo a pasta, cerca de 48 milhões de CPFs têm créditos a serem resgatados.

Existe ainda a possibilidade de destinar os créditos para abatimento do Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores (IPVA) de 2022.

Como fazer o resgate dos seus créditos

  • Acesse o site da Secretaria da Fazenda (https://www.nfp.fazenda.sp.gov.br/)
  • Depois, selecione a opção “Consumidor” e insira seu CPF, senha e clique na verificação “Não sou um robô”. Vá em “Acessar”
  • Clique em “Continuar” nos avisos informados na página inicial
  • Vá na aba “Conta Corrente” e selecione “Utilizar créditos”
  • Escolha a forma de resgate: conta corrente, poupança ou para abater os gastos com IPVA. Dependendo do que você colocar, um novo campo se abrirá para você preencher com os dados da sua conta ou Renavam do veículo.

Depois de adicionar as informações, clique em “Confirmar”. Os valores serão creditados na conta indicada em até 20 dias.

IPVA

Outubro também é o único mês do ano em que os consumidores podem usar seus créditos para o pagamento do IPVA. A solicitação deve ser feita no site oficial da Nota Fiscal Paulista, e o veículo deve estar no nome da pessoa cadastrada no programa para que a opção seja válida.

Nesta semana, o site da Nota Fiscal Paulista tem apresentado falhas devido à alta demanda de consumidores. Em nota, a Fazenda diz que está monitorando o funcionamento e recomenda que, caso haja instabilidade, tentem acessar o sistema em outros momentos do dia “para aliviar a sobrecarga.”


Mais Recentes da CNN