Novo modelo de negócio transforma quartos de hotel em moradia temporária

Hospedagem é chamada de 'locação flexível' e pode ser feita via aplicativo

Tiago Américo, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

 

Como estratégia para enfrentar a crise causada pela pandemia, o setor hoteleiro está adaptando seus quartos para converter em moradias temporárias. O modelo que mistura hospedagem e habitação é chamado de “locação flexível”. 

A startup Housi, por exemplo, aluga suítes por meio de um aplicativo. “São pousadas, hotéis, longstay, resorts e todos servem como moradia”, disse o CEO Alexandre Lafer à CNN Brasil.

“A pessoa faz uma locação em cerca de um minuto, é tudo muito rápido. Ela escolhe como quer pagar e o, mais importante, o quanto tempo quer ficar de forma flexivel”, explicou.

Apesar disso, o vice-presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado de São Paulo (ABIH-SP), Fernando Guinato, acha que ainda é muito cedo para saber se o segmento vai absorver o modelo de locação flexível em definitivo. 

“Ainda não podemos dizer que é uma tendência de mercado e que vai ficar por um tempo determinado”, afirmou.

Hotéis transformam suítes em apartamentos temporários
Hotéis transformam suítes em apartamentos temporários (07.ago.2021)
Foto: Reprodução / CNN

Mais Recentes da CNN