Novos anfitriões ganharam juntos US$ 1 bilhão durante a pandemia, diz Airbnb

Segundo a empresa, os anfitriões que começaram a hospedar durante a pandemia se beneficiaram com as mudanças nas preferências de viagem dos consumidores

Hospedagem no Airbnb
Hospedagem no Airbnb Foto: Reprodução/Instagram Airbnb

Thâmara Kaoru, do CNN Brasil Business, em São Paulo

Ouvir notícia

Um relatório divulgado pelo Airbnb diz que os novos anfitriões, com apenas um imóvel anunciado e que receberam seus primeiros hóspedes após o início da pandemia, já ganharam mais de US$ 1 bilhão juntos.

Segundo a empresa, os anfitriões que começaram a hospedar durante a pandemia se beneficiaram com as mudanças nas preferências de viagem dos consumidores.

“A pandemia da Covid-19 fez com que os viajantes buscassem ambientes seguros e confortáveis para se conectar com a família e amigos, criando oportunidades econômicas para que outros ganhem a renda extra necessária ao anunciar suas casas no Airbnb”, informou.

O documento diz que nos Estados Unidos, um típico novo anfitrião, com apenas um imóvel anunciado, por exemplo, ganhou US$ 3.900. Nos outros quatro países que mais tiveram anfitriões novos e que começaram a hospedar entre 11 de março de 2020 e 25 de janeiro de 2021, os ganhos foram de:

  • Austrália: US$ 3.400
  • Canadá: US$ 2.400
  • Reino Unido: US$ 2.300
  • França: US$ 1.700

O relatório não diz, porém, o número de novos anfitriões após a pandemia. 

Tópicos

Mais Recentes da CNN