Óleo vendido como azeite; trem ultrarrápido e mais: o que mexe no seu bolso

Matérias estão entre as mais acessadas pelos leitores do CNN Brasil Business

Foto: CNN Brasil Business

Natália Flach,

do CNN Brasil Business, em São Paulo

Ouvir notícia

Entre os assuntos mais comentados nesta quarta-feira (25) de manhã, estão óleo de soja vendido como azeite extra virgem, o trem ultrarrápido que Elon Musk quer tirar do papel e a primeira mulher no comando da siderúrgica Gerdau. 

Golpe do óleo

O Ministério da Agricultura comunicou à Associação Brasileira de Supermercados (Abras) a proibição de comercialização de nove marcas vendidas como azeite de oliva extra virgem, mas que, na verdade, são óleo de soja. O advogado Igor Marchetti, do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), explica que é preciso verificar se há uma mistura de óleos na embalagem para evitar cair no golpe.

Trem ultrarrápido

O conceito do trem hyperloop entrou em cena em 2013. Elon Musk explicou que se tratava de um novo tipo de serviço de trem em um tubo de baixa pressão que alcançaria velocidades de até 1220 km/h. O trem flutuaria sobre uma almofada de ar e seria acionado pelos trilhos por ímãs.

Gerdau

A siderúrgica terá, pela primeira vez, uma mulher à frente de uma de suas operações industriais, dentro de um setor ainda predominantemente masculino. Engenheira de 43 anos, Michele Robert acaba de assumir o cargo de presidente da Gerdau Summit, que nasceu com foco no fornecimento de peças para a geração de energia eólica e cujo controle é dividido com as japonesas Sumitomo Corporation e Japan Steel Works.

 

Mais Recentes da CNN