Onda de frio faz ocupação na região serrana do Rio chegar a 80% no final de semana

Na capital fluminense, quiosques apostam em vinhos e cobertores para clientes

Petropolis, no estado do Rio de Janeiro
Petropolis, no estado do Rio de Janeiro Getty Images

Beatriz PuenteCamille Coutoda CNN

no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

As baixas temperaturas no Rio de Janeiro anteciparam a alta temporada de inverno nos hotéis da região serrana do estado. Segundo a Associação dos Hotéis do Rio de Janeiro (ABIH), a ocupação nos hotéis e pousadas pode chegar a 80% neste fim de semana.

Cidades como Petrópolis, que foi fortemente prejudicada com as chuvas no início do ano, esperam até 90% dos quartos reservados nos finais de semana mais frios.

“No inverno, as pessoas vêm para a serra para curtir o friozinho. Já começou a ter procura, mesmo com a temporada começando, de forma mais forte, só em junho e julho” destacou o presidente do Sindicato de Meios de Hospedagem e Restaurantes (SindiPetrópolis), Germano Valente.

Em outros locais, como Nova Friburgo, Itaipava e Teresópolis, a ocupação pode ficar entre 50% e 65% no final de semana.

Na orla carioca, turistas usam mantas para se protegerem do frio
Na orla carioca, turistas usam mantas para se protegerem do frio / Bruna Carvalho/CNN

“Foi uma ótima surpresa está onda de frio. Propicia um aquecimento da economia serrana. Terminou o período de chuvas intensas e isso traz maior acessibilidade ao turismo. Todo setor gastronômico e hoteleiro confia em uma retomada mais forte a partir de junho”, afirmou Bruno Rosa, da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação da Região Serrana.

Segundo o Climatempo, as cidades devem registrar temperaturas mínimas perto de 7°C. Há pouca probabilidade de chuva. Durante a semana, houve registro de temperaturas baixíssimas nessas cidades: 1,8°C em Petrópolis, 2,6°C em Nova Friburgo e 6,5°C em Teresópolis.

Mas para quem vai ficar pela capital fluminense, também há formas de aproveitar as baixas temperaturas. Alguns quiosques da orla estão substituindo a água de coco por vinho. Além disso, os estabelecimentos têm disponibilizado cobertores para aquecer os clientes.

Mais Recentes da CNN