ONS prevê aumento de 3,7% na carga de energia elétrica do país em abril

Dados fechados mostram queda de 0,4% do indicador em janeiro e alta de 1,1% em fevereiro

Linhas de transmissão de energia em Diadema (SP)
Linhas de transmissão de energia em Diadema (SP) 10/02/2015REUTERS/Paulo Whitaker

Letícia Fucuchimada Reuters

em São Paulo

Ouvir notícia

A carga de energia elétrica deve ter crescimento mais forte em abril, enquanto os principais reservatórios de hidrelétricas do país devem continuar mostrando recuperação, segundo estimativas do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) divulgadas nesta sexta-feira (25).

O órgão espera que a carga avance 3,7% em abril ante igual mês de 2021, após um desempenho fraco nos primeiros meses do ano.

Os dados fechados mostram queda de 0,4% do indicador em janeiro e alta de 1,1% em fevereiro. Já a previsão para o encerramento de março, divulgada na semana passada, apontava um aumento de 1,7%.

Os reservatórios do Sudeste e Centro-Oeste, onde estão os maiores lagos de hidrelétricas do país, devem encerrar o mês de abril com 69% da capacidade, ante 62,5% registrados atualmente.

O ONS também projetou que as hidrelétricas da região receberão chuvas equivalentes a 75% da média histórica em abril.

No Sul, onde a seca foi severa entre o final do ano passado e início do ano, a situação melhora, com chuvas em 97% da média histórica no mês.

Já para o Norte, a expectativa é de que as precipitações superem a média (113%), enquanto no Nordeste as chuvas devem ficar em 43%.

Mais Recentes da CNN