Open Banking permite proposta de crédito competitivo, diz especialista

Começa a valer nesta sexta-feira (13) a segunda fase do sistema bancário aberto

Produzido por Priscila Yazbek*, da CNN em São Paulo

Ouvir notícia

Começa a valer nesta sexta-feira (13) a segunda fase do Open Banking, uma espécie de sistema bancário aberto, no qual clientes podem compartilhar dados e informações com bancos.

Em entrevista à CNN, Ricardo Taveira, CEO e fundador da Quanto, explicou que a segunda fase abre espaço para o crédito competitivo.

“Vamos começar a ver agora o compartilhamento de dados de contas bancárias, que é um dado instrumental para conseguirmos obter, por exemplo, propostas de crédito mais competitivas. Essa etapa visa dar um pontapé inicial nesse mercado competitivo”, disse Taveira.

Segundo o especialista, o que vai acontecer no sistema financeiro se assemelha ao que já acontece no varejo.

“A gente escolhe o supermercado em grande parte por causa dos produtos diferentes que tem, e o Open Banking permite que tenhamos acesso a esse tipo de experiência no sistema financeiro.”

O sistema

O sistema financeiro aberto foca na liberação do compartilhamento padronizado de dados e serviços por instituições financeiras reguladas. No Open Banking, o cliente pode autorizar o compartilhamento de seus dados com outras instituições o que, para o BC, “deve aumentar a competitividade entre os bancos e melhorar a oferta de produtos e serviços”. 

Ao todo, o sistema aberto será dividido em quatro fases. A primeira fase foi implementada em fevereiro deste ano e, com ela, os dados das 1.065 instituições participantes passaram a ser compartilhados. 

A terceira fase está prevista para começar no dia 30 de agosto e a quarta, e última, em 15 de dezembro.

Open baking
Open baking
Foto: CNN / reprodução

 

Em fevereiro, o diretor de Regulação do BC, Otávio Damaso disse que o público-alvo eram “as próprias instituições financeiras ou de pagamento, desenvolvedores, fintechs e acadêmicos”. Nela, os dados dos clientes não foram compartilhados, apenas os canais de atendimento, localização de agências, caixas eletrônicos e produtos e serviços oferecidos por cada instituição se tornaram públicos. 

Open baking
Open baking
Foto: CNN / reprodução

 

(*com informações de Tamires Vitorio, do CNN Brasil Business, em São Paulo)

Prédio Banco Central
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

 

 

Mais Recentes da CNN