Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Opep+ produz 1,45 milhão de bpd abaixo da meta com sanções à Rússia em março

    Produção russa ficou cerca de 300.000 bpd abaixo de sua meta mês passado

    Opep+ agrupa produtores da Opep e aliados liderados pela Rússia
    Opep+ agrupa produtores da Opep e aliados liderados pela Rússia REUTERS/Leonhard Foeger

    da Reuters

    Ouvir notícia

    A Opep+ produziu 1,45 milhão de barris por dia (bpd) abaixo da meta em março, quando a produção russa começou a cair após as sanções impostas pelo Ocidente, segundo um relatório do grupo de produtores visto pela Reuters.

    O relatório mostrou que a produção da Rússia em março ficou cerca de 300.000 bpd abaixo de sua meta, a 10,018 milhões de bpd, com base em fontes secundárias.

    O cumprimento dos cortes de produção subiu para 157% em março, ante 132% em fevereiro, mostraram os dados, o maior desde que o grupo introduziu cortes recordes de produção de cerca de 10 milhões de bpd em maio de 2020 para combater o impacto da pandemia na demanda.

    A Opep+, que agrupa os produtores da Opep e aliados liderados pela Rússia, concordou no mês passado com outro modesto aumento mensal da produção de petróleo de 432.000 bpd para maio, resistindo à pressão dos principais consumidores para aumentar a produção.

    Conforme o grupo relaxa os cortes de produção, vários produtores têm tido dificuldades para acompanhar, principalmente países da África Ocidental que lutam com o subinvestimento e o êxodo de empresas internacionais de energia.

    Em sua reunião no mês passado, a Opep+ também deixou de usar a Agência Internacional de Energia como uma de suas fontes secundárias, substituindo-a pelas consultorias Wood Mackenzie e Rystad Energy.

    Os dados de produção mais recentes refletiram essa mudança.

    Mais Recentes da CNN