Mercado doméstico deve se recuperar em 12 meses, diz associação aérea

Presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEA), Eduardo Sanovicz, afirma que companhias já operam em 80% dos aeroportos pré-crise

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Aos poucos o setor aéreo vai retomando suas atividades. Se o índice de voos diários no Brasil antes da Covid-19 era de aproximadamente 2400 diários, atualmente este número é de 960, número muito maior do que os menos de 200 voos por dia no país em abril, durante o auge das medidas de isolamento social.

Em entrevista para a CNN nesta sexta-feira (25), o presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEA), Eduardo Sanovicz, afirmou que a tendência é de melhora até o final deste ano, especialmente no cenário interno.

Leia também

Busca por voos segue baixa; Azul passa Latam e empata com a Gol, diz Anac

Governo libera entrada de estrangeiros em todos aeroportos do Brasil

Presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas, Eduardo Sanovicz (25.se
Presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas, Eduardo Sanovicz (25.set.2020)
Foto: CNN Brasil

“A boa notícia é que estamos atendendo 80% dos aeroportos pré crise, até o final deste ano o número vai ser acima dos 90%. Nossa avaliação é que o mercado doméstico deve se recuperar em 12 meses, até agosto e setembro de 2021.”

Já em relação ao mercado internacional, Sanovicz vê um cenário bem mais complicado. “Estudos apontam para uma recuperação de até quatro anos para a retomada de toda a malha internacional.”

(Edição de Diego Freire)

Mais Recentes da CNN