Pandemia no Rio: 71% dos bares e restaurantes registram prejuízo em março

Pesquisa mostra que 86% dos donos de bares e restaurantes enfrentam dificuldade para arcar integralmente com os salários dos funcionários

Lucas Janone,

da CNN, no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

Uma pesquisa divulgada pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) revelou que 71% dos estabelecimentos do setor no estado do Rio de Janeiro registraram prejuízo em março. Os dados fazem parte de um levantamento nacional realizado com mais de 2.000 empresas da área de alimentação.

A Abrasel mostra ainda que 86% dos donos de bares e restaurantes enfrentam atualmente dificuldade para arcar integralmente com os salários dos funcionários, enquanto 69% já reportaram alguma dívida contraída durante a pandemia do novo coronavírus.

De acordo com a associação, mais de 3.000 estabelecimentos já fecharam no Rio de Janeiro desde o início da crise sanitária.

Para o presidente da Abrasel-RJ, Pedro Hermeto, mais falências podem ocorrer. “Há mais de um ano, vivemos a maior crise enfrentada pelo setor de alimentação fora do lar. Caso não sejam adotadas iniciativas que auxiliem o setor, continuaremos sofrendo com falências e vendo o Rio perder não apenas postos de trabalho, mas lugares amplamente identificados com a cultura da cidade”, explicou.

Entretanto, os donos de bares e restaurantes no Rio devem ter um respiro. A prefeitura ampliou em uma hora o funcionamento dos estabelecimentos, que podem ficar abertos até 22h, com ocupação de 60% do espaço, se tiverem ambiente aberto.

Bares e restaurantes de Botafogo fechados no horário do almoço, no Rio de Janeir
Bares e restaurantes de Botafogo, no Rio de Janeiro
Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Mais Recentes da CNN