Petrobras confirma previsão de US$ 60 bi a US$ 70 bi em dividendos até 2026

A informação foi dada pelo diretor Financeiro da estatal, Rodrigo Araújo, durante apresentação do Novo Plano de Negócios a Investidores

Pessoas passam em frente à sede da Petrobras no Rio de Janeiro
Pessoas passam em frente à sede da Petrobras no Rio de Janeiro 16/10/2019 REUTERS/Sergio Moraes

Amélia Alves, do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

A Petrobras confirmou, por meio de comunicado, a informação de que prevê distribuir entre US$ 60 bilhões e US$ 70 bilhões em dividendos entre 2022 e 2026.

A informação foi dada pelo diretor Financeiro da estatal, Rodrigo Araújo, durante apresentação do Novo Plano de Negócios a Investidores, na semana passada. Deste total, de R$ 20 bilhões a R$ 25 bilhões serão destinados à União, principal acionista da empresa.

Em comunicado ao mercado, a Petrobras diz entender que as expectativas divulgadas sobre o montante dos dividendos a serem distribuídos não representam um Fato Relevante.

Trata-se de um dos cenários concebidos pela administração a partir da aplicação da Nova Política, das informações contidas no Plano Estratégico (PE) 2022-2026 e de outros elementos que impactarão os resultados da companhia nos próximos anos.

Tópicos

Mais Recentes da CNN