Petrobras reduz gasolina em 4% a partir desta sexta; diesel segue estável

O reajuste na gasolina é o segundo para o combustível em outubro e ocorre após um aumento de 4% aplicado desde o dia 10

Preço dos combustíveis tem como base a chamada paridade de importação
Preço dos combustíveis tem como base a chamada paridade de importação Foto: REUTERS/Sergio Moraes

Rodrigo Viga Gaier,

da Reuters, no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

A Petrobras reduzirá os preços da gasolina em suas refinarias em 4% a partir de sexta-feira, enquanto as cotações do diesel não sofrerão alteração, informou a companhia na quinta-feira, por meio da assessoria de imprensa.

O reajuste na gasolina é o segundo para o combustível em outubro e ocorre após um aumento de 4% aplicado desde o dia 10, ocasião em que a companhia também havia elevado em 5% os valores do diesel.

Leia também:
Inflação de famílias pobres é três vezes maior do que a dos mais ricos
Petrobras anuncia que vai tomar mais dinheiro emprestado com emissão de títulos

O vaivém nos valores dos combustíveis é resultado de uma política que segue os preços internacionais.

A Petrobras defende que sua fórmula de preços tem como base a chamada paridade de importação, que leva em conta os preços do petróleo no mercado internacional e o câmbio, entre outros fatores.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

Mais Recentes da CNN