PIX ajudará a reduzir custo operacional de empresas, diz Campos Neto, do BC

Ele destacou também que o PIX será um sistema rápido, transparente, seguro, barato e capaz de gerar competição no mercado

QR Code será usado em nova modalidade de pagamento eletrônico, o PIX (6.set.2020)
QR Code será usado em nova modalidade de pagamento eletrônico, o PIX (6.set.2020) Foto: CNN Brasil

Anna Russi,

do CNN Brasil Business, em Brasília

Ouvir notícia

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, avalia que o sistema de pagamento instantâneo PIX, que começará a funcionar em 16 novembro, vai ajudar na redução do custo operacional das empresas. A análise foi feita durante a abertura da segunda edição do evento Conexão PIX, promovido pelo BC.  

“É muito custoso hoje fazer negócio no Brasil em termos de custo operacional. Vamos ter (com o PIX) a facilidade do recebimento, a parte de redução do custo ligado ao transporte de numerário. A disponibilização imediata dos recursos também faz com que novos negócios apareçam, toda a parte do e-commerce vai ser adiantada”, explicou.

Leia também:
PIX, novo meio de pagamento eletrônico, começa a funcionar em novembro no Brasil
Guiabolso se antecipa ao PIX com transferências bancárias instantâneas
Contas de luz poderão ser pagas pelo meio de pagamento instantâneo PIX

Ele destacou também que o PIX será um sistema rápido, transparente, seguro, barato e capaz de gerar competição no mercado. “Se todo mundo fizer pagamento digital, as pequenas e grandes lojas que hoje tem uma preocupação de segurança ligada ao numerário e um custo de transporte, vão poder eliminar isso”, reforçou. 

Para Campos Neto, o PIX ajudará a levar a gestão do fluxo de caixa a um novo patamar de eficiência. “Esse novo patamar significa menos custo e mais margem para quem ta de um lado e menos preço para quem ta do outro”, afirmou. 

O presidente do Banco Central ainda ressaltou que a implantação do PIX virá com outros processos de inovação, como o Open Banking. “O Open Banking fará a conexão desse mundo de inovação lá na frente. Então, temos movimento digital muito grande acontecendo com convergência e interação de diversos canais”, completou.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

Mais Recentes da CNN