Plataforma de codificação GitLab visa avaliação de quase US$ 9 bi em IPO nos EUA

Empresa pretende levantar até US$ 624 milhões por meio de uma oferta pública inicial

Plataforma de codificação planeja listagem na bolsa de Nasdaq
Plataforma de codificação planeja listagem na bolsa de Nasdaq REUTERS/Regis Duvignau/File Photo

Sohini Podderda Reuters

Ouvir notícia

A GitLab, plataforma de codificação apoiada por empresas como ICONIQ Capital e Khosla Ventures, pretende levantar até US$ 624 milhões por meio de uma oferta pública inicial (IPO) nos Estados Unidos, buscando uma avaliação de quase US$ 9 bilhões.

A empresa planeja vender 8,42 milhões de ações ordinárias classe A no IPO, enquanto os acionistas existentes estão oferecendo 1,98 milhão de ações classe A com preços entre US$ 55 e US$ 60 cada, mostrou um documento nesta segunda-feira (4).

A GitLab, que cria ferramentas online para reduzir o ciclo de desenvolvimento de software permitindo que as equipes colaborem, foi avaliada pela última vez em US$ 6 bilhões após uma venda secundária de ações em janeiro, de acordo com a plataforma de dados de inicialização PitchBook.

Líderes da indústria como Nvidia, Siemens AG e Goldman Sachs estão entre seus clientes, segundo o site da empresa.

Goldman Sachs, J.P. Morgan e BofA Securities são os principais subscritores da oferta e a empresa planeja listar na Nasdaq sob o símbolo “GTLB”.

Mais Recentes da CNN