PMI de serviços da Alemanha avança a 57,6 em abril, mas fica abaixo da prévia

PMI composto alemão, que engloba também a indústria, caiu de 55,1 para 54,3 no mesmo período

Restaurante em Berlim
Restaurante em Berlim 02/11/2020. REUTERS/Annegret Hilse/File Photo

Sergio Caldas, do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) de serviços da Alemanha subiu de 56,1 em março para 57,6 em abril, atingindo o maior nível desde agosto do ano passado, segundo pesquisa final divulgada nesta quarta-feira (4) pela S&P Global.

O avanço acima da marca de 50 indica que o setor de serviços alemão se expandiu em ritmo mais forte no último mês.

A leitura definitiva, porém, ficou abaixo da estimativa prévia de abril e da projeção de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, de 57,9 em ambos os casos.

Já o PMI composto alemão, que engloba serviços e indústria, caiu de 55,1 para 54,3 no mesmo período.

O dado final também é menor do que a estimativa inicial, de 54,5.

Mais Recentes da CNN