O que o Orçamento sinaliza sobre os rumos das contas públicas do país

Neste episódio do E Tem Mais, Carol Nogueira apresenta um panorama dos desafios que o Brasil enfrenta para equilibrar os gastos e promover desenvolvimento

Da CNN Brasil*

Em São Paulo

Ouvir notícia

O governo federal publicou no início desta semana a lei orçamentária sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) para 2022. O texto manteve a previsão de R$ 1,7 bilhão para o reajuste salarial de servidores e de R$ 4,9 bilhões para o fundo eleitoral. Os vetos ao texto final incluíram cortes de recursos que seriam destinados ao INSS, à educação e à saúde.

O Orçamento prevê despesas totais da União de R$ 4,7 trilhões, mais de um terço (R$ 1,8 trilhão) para o pagamento da dívida pública. A previsão é de que o governo feche o ano com déficit primário de R$ 79 bilhões, menos do que os R$ 170 bilhões previstos inicialmente.

Neste episódio do E Tem Mais, Carol Nogueira apresenta um panorama dos desafios que o Brasil tem pela frente para equilibrar as contas públicas e elaborar um Orçamento capaz de produzir desenvolvimento econômico. Para descrever o que a nova lei orçamentária sinaliza sobre os rumos dos gastos no país, participam deste episódio o pesquisador Gustavo Fernandes, professor de gestão pública da FGV, e o economista Alexandre Schwartsman, da equipe de especialistas CNN.

Conheça os podcasts da CNN Brasil:

E Tem Mais

Horário de Brasília

Entre Vozes

CNN Mundo

Alma do Negócio

5 Fatos

Abertura de Mercado

Na Palma da Mari

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.

(* Publicado por Diego Toledo)

Podcast E Tem Mais, com apresentação de Carol Nogueira
Podcast E Tem Mais é publicado de segunda a sexta, sempre no início da manhã / CNN Brasil

Este episódio tem patrocínio de Binomo, clique aqui e saiba mais.

Mais Recentes da CNN