Quais os motivos que causam incerteza sobre a compra do Twitter por Elon Musk

Neste episódio do E Tem Mais, Evandro Cini apresenta um balanço dos obstáculos para a conclusão da oferta de US$ 44 bilhões do bilionário pela rede social

Da CNN Brasil*

Em São Paulo

Ouvir notícia

O bilionário Elon Musk anunciou, no último dia 13, que a oferta que fez para a compra do Twitter estava temporariamente suspensa e acrescentou que, apesar de seguir comprometido com o negócio, a conclusão da transação depende da entrega pela empresa de cálculos detalhados que confirmem que contas falsas e spams representam realmente menos de 5% dos usuários da rede social, como afirma a plataforma.

Musk disse suspeitar que os números de contas falsas sejam bem maiores, o que poderia inviabilizar o negócio estimado em US$ 44 bilhões. Especialistas de mercado avaliam que os questionamentos do bilionário podem ter como finalidade uma possível renegociação da oferta, diante da recente desvalorização das ações do Twitter.

Neste episódio do E Tem Mais, Evandro Cini apresenta um balanço das pendências e dos fatores que têm provocado incerteza sobre o futuro da transação. Para apontar os possíveis rumos da oferta pelo Twitter e os motivos que dificultam o negócio, participam deste episódio o jornalista Rafael Coimbra, editor-executivo da publicação MIT Technology Review Brasil, e o especialista em tecnologia e segurança digital Arthur Igreja.

Conheça outros podcasts da CNN Brasil:

CNN Money

WW

Horário de Brasília

À Prioli

No Lucro CNN

Semana de 22 – Bem mais que o modernoso

Entre Vozes

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.

Podcast E Tem Mais é publicado de segunda a sexta, sempre no início da manhã / CNN Brasil

(* Publicada por Diego Toledo)

Mais Recentes da CNN