Por US$ 40 milhões, aplicativo mexicano de entrega Justo chega ao Brasil

Startup afirmou que levantou mais de US$ 100 milhões em capital para expandir no México antes do lançamento em São Paulo

Cancelamento do pedido com recebimento do valor ou de créditos no aplicativo são opções em caso de atraso em entregas
Cancelamento do pedido com recebimento do valor ou de créditos no aplicativo são opções em caso de atraso em entregas Jon Tyson/Unsplash

da Reuters

Ouvir notícia

O aplicativo da startup de entrega de alimentos a produtos de limpeza Justo foi lançado no Brasil com um investimento inicial de R$ 40 milhões, disse a empresa nesta quinta-feira (2).

A startup afirmou que levantou mais de US$ 100 milhões em capital para expandir no México antes do lançamento em São Paulo, onde pretende atingir 1 milhão de brasileiros e gerar entre 3.000-5.000 empregos nos primeiros dois anos.

“O Brasil representa uma grande oportunidade, mas também um grande desafio devido ao tamanho e complexidade do mercado local, mas não tenho dúvidas de que com o talento e a paixão … teremos muito sucesso”, disse o fundador e presidente-executivo, Ricardo Weder, em um comunicado.

Fundado há um ano e meio, o Justo se beneficiou de um aumento no período de pandemia para entregas online de produtos que vão desde alimentos frescos a materiais de limpeza.

A empresa disse que teve um crescimento exponencial de 800% no último ano no México, onde opera na Cidade do México e nas cidades de Queretaro, Guadalajara e Puebla.

Ao contrário de aplicativos como Cornershop e Rappi, que enviam mensageiros para buscar comida em lojas físicas, a Justo mantém seu próprio estoque de mercadorias, que envia direto de seus depósitos para a casa dos clientes.

Tópicos

Mais Recentes da CNN