Powell, do Fed, diz que economia dos EUA ainda está longe do pleno emprego

Autoridades do Fed disseram que continuarão comprando US$ 120 bilhões por mês em títulos até que haja "mais progresso substancial" na direção das metas de pleno emprego

Na semana passado foi que quase atingimos o teste para redução de estímulo, disse Powell em depoimento ao Comitê Bancário do Senado dos EUA
Na semana passado foi que quase atingimos o teste para redução de estímulo, disse Powell em depoimento ao Comitê Bancário do Senado dos EUA Foto: Susan Walsh/Pool via REUTERS/File Photo/File Photo

Jonnelle Marteda Reuters

Ouvir notícia

O presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, afirmou nesta terça-feira (28) que a economia dos Estados Unidos ainda está longe de alcançar o pleno emprego, componente importante dos critérios do banco central dos Estados Unidos para elevar a taxa de juros.

“O que eu disse na semana passado foi que quase atingimos o teste para redução de estímulo”, disse Powell em depoimento ao Comitê Bancário do Senado dos EUA.

“Deixei claro que estamos, na minha opinião, a um longo caminho de atingir o teste do pleno emprego.”

Autoridades do Fed disseram que continuarão comprando US$ 120 bilhões por mês em títulos até que haja “mais progresso substancial” na direção das metas de pleno emprego e total do Fed, mas estabelecer padrões mais altos para elevar os juros.

Mais Recentes da CNN