Powell participa de evento para discutir cenários econômicos

Declarações preparadas pelo presidente do Federal Reserve não detalharam seu próprio cenário econômico ou de política monetária

Banco central dos EUA deve começar em breve a reduzir estímulos
Banco central dos EUA deve começar em breve a reduzir estímulos Graeme Jennings/Pool via REUTERS

Ann Saphirda Reuters

Ouvir notícia

Dias depois de alcançar amplo consenso de que o mercado de trabalho dos Estados Unidos melhorou o suficiente para que o Federal Reserve comece em breve a retirar o suporte, o presidente do banco central norte-americano, Jerome Powell, participou de uma sessão nesta sexta-feira (24) com vários agentes econômicos para ouvir sobre o cenário ainda incerto.

As declarações preparadas de Powell não detalharam seu próprio cenário econômico ou de política monetária, sobre o qual ele havia falado no encerramento dos dois dias de reuniões do Fed na quarta-feira (22).

Naquele dia, Powell disse sentir que a economia havia atendido às condições que o Fed havia determinado para começar a reduzir suas compras mensais de ativos, sendo necessário apenas mais um relatório mensal de emprego “razoavelmente bom” para apertar o gatilho em novembro.

Mas, com as autoridades do Fed já avançando nas discussões sobre alta de juros – metade dos membros do Fomc espera a primeira alta dos juros para o ano que vem -, elas buscam garantir que não vão repetir erros passados ao retirarem o suporte rápido demais ou, em contraste, aguardar demais e permitir que a inflação se instale.

“A maioria de vocês está enfrentando locais de trabalho diferentes, de protocolos de segurança cujo tempo de necessidade é incerto a alterações fundamentais em como suas indústrias operam”, disse Powell nas declarações preparadas para o evento.

“Planos de negócios têm sido retrabalhados, perspectivas têm sido revisadas, e o futuro continua com tons de incerteza”.

Mais Recentes da CNN