Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Preço do pepino dispara 45%: confira os vilões e mocinhos da inflação em julho

    Alimentos estão nas duas extremidades do IPCA: pepino teve o maior aumento nos preços, e a cebola foi item que mais sofreu deflação

    Foto: Getty Images

    Leonardo Guimarães,

    do CNN Brasil Business, em São Paulo

    Ouvir notícia

    O IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) de julho veio em linha com o que analistas esperavam: avanço de 0,96% na inflação em relação ao mês passado.

    Entre os nove grupos pesquisados, o que mais pesou no índice foi a alta de 3,1% na habitação, com impacto de 0,48 ponto percentual na composição do índice. Desse grupo, faz parte a energia elétrica, que saltou 7,88% em julho ante 1,95% no mês anterior, com o maior impacto individual no índice (0,35 p.p.).

    Porém, entre os vilões da inflação que tiveram a maior variação de preço entre os itens pesquisados está o pepino. O vegetal ficou 44,74% mais caro em julho na comparação com junho. Confira as principais altas:

    Por outro lado, alguns itens sofreram deflação e ajudaram a controlar a alta do IPCA. É o caso da cebola, que ficou 13,5% mais barata, e da batata, que teve queda de 12% nos preços. Confira os dez itens com maior queda em julho: 

     

    Tópicos

    Tópicos

    Mais Recentes da CNN